20 frases de Millôr Fernandes

Entre as centenas de frases de Millôr Fernandes, o Zonacurva teve a dura missão de selecionar apenas 20, aí vão:

“Imprensa é oposição. O resto é armazém de secos & molhados”.

“Divagar e sempre”.

“Brasil, país do faturo”.

“O pessimista é um sujeito que acerta duas vezes: quando acerta e quando erra”.

“O mercado financeiro está acima da alma humana”.

“Ser pobre não é crime, mas ajuda a chegar lá”.

“Os comunistas são contra o lucro. Nós somos apenas contra os prejuízos” (princípios do primeiro número do Pif Paf).

“Proudhon dizia que toda propriedade é um roubo. A elite brasileira acha que todo roubo é sua propriedade”.

“Se Deus me der força e saúde, hei de provar que ele não existe”.

“Só considerarei gênio artístico o pintor que consegue copiar um quadro de Pollock”.

“O difícil, quando forem comuns as viagens interplanetárias, será a gente descobrir o planeta em que foram parar as bagagens”.

27 de julho millor-fernandes

“Quem bebe pra esquecer deve ficar realizado no dia em que já não lembra mais pra que é que bebe”.

“O brasileiro é cheio de cordialidade e bom coração. Quando você encontrar por aí um cafajeste roubando e matando pode perguntar imediatamente “Who are you?”, porque se trata certamente de um gringo”.

“Depois de passar meia hora lendo os epitáfios de um cemitério, o marciano perguntou pro outro: “E onde será que eles enterram os canalhas?”

“Coerente é o sujeito que nunca teve outra ideia.”

“O dinheiro não traz felicidade. Mas leva”.

“O economista é um ficcionista que venceu na vida”.

“Todos os países são difíceis de governar. Só o Brasil é impossível”.

“Herança é o que os descendentes recebem quando o cara não teve a sabedoria de gastar tudo antes de morrer”.

“A história torna o homem incrédulo, a poesia indefeso, a matemática, frio, a filosofia, soberbo, a moral, chato. O homem não tem jeito nem saída”.

 

Conheça outro frasista impagável, o Barão de Itararé.

 

Sou blogueiro e jornalista. Pai de Lorena, santista e obcecado por literatura, cinema, música e política.

Facebook Twitter 

Deixe uma resposta