A insana desigualdade social no mundo

A injusta distribuição da riqueza no mundo acaba de bater recordes. O 1% mais rico da população mundial deteve mais riquezas do que todo o resto do mundo junto em 2015, segundo relatório divulgado pela Oxfam, organização não-governamental britânica. Ou seja, o patrimônio de 70 milhões de super ricos é superior ao dos demais 7 bilhões de habitantes da Terra.

A ONG calculou ainda que 62 pessoas possuem tanto capital quanto a metade mais pobre da população mundial, há apenas cinco anos, eram 388. Uma rede global de paraísos fiscais permite que os indivíduos mais ricos do mundo escondam 7,6 trilhões de dólares do fisco.

concentração renda mundo

A concentração de renda atinge níveis obscenos no mundo

Leia como o banco Goldman Sachs colabora para concentrar o dinheiro na mão de poucos.

O relatório Uma Economia para 1% da Oxfam, baseado em dados do Informe sobre a riqueza 2015 do banco Credit Suisse, ainda afirma que “a riqueza detida pela metade mais pobre da humanidade caiu em um trilhão de dólares nos últimos cinco anos, evidenciando de que vivemos hoje em um mundo caracterizado por níveis de desigualdade não registrados há mais de um século”.

A riqueza das 62 pessoas mais ricas do mundo aumentou em 44% nos cinco anos decorridos desde 2010 – o que representa um aumento de mais de meio trilhão de dólares (US$ 542 bilhões) nessa riqueza, que saltou para US$ 1,76 trilhão. Para piorar ainda mais, a riqueza da metade mais pobre caiu 41%, pouco mais de um trilhão de dólares no mesmo período, sem esquecer que a população mundial aumentou em 400 milhões de pessoas.

Felizmente, o Brasil ainda figura entre os poucos países com avanços no combate à desigualdade social. Nos últimos 13 anos, a renda dos 10% dos brasileiros mais pobres subiu 129% em ganhos reais (descontada a inflação).

nós somos 99%

O movimento Occupy Wall Street popularizou o slogan “Nós somos os 99%” contra a concentração de riqueza nos Estados Unidos

A partir de amanhã na cidade de Davos, na Suíça, alguns dos responsáveis por esses índices que indicam a abissal injustiça social que o mundo está mergulhado reúnem-se no Fórum Econômico Mundial.
FONTE: Oxfam

Sou blogueiro e jornalista. Pai de Lorena, santista e obcecado por literatura, cinema, música e política.

Facebook Twitter 

Deixe uma resposta