Banksy cria hotel-protesto na Palestina

por Fernando do Valle

Inaugurado há cerca de um mês, o hotel-protesto Walled Off do artista inglês Banksy tem seus 9 quartos reservados até final de junho. As diárias variam entre US$ 30 e US$ 965. O hotel fica em frente ao trecho do muro construído pelo governo israelense há 15 anos na parte oeste da cidade de Belém, na Cisjordânia. O muro é decorado com grafites e colagens por artistas e anônimos que denunciam a ocupação israelense.

No próprio panfleto de divulgação, o hotel se auto-intitula como o de “pior vista do mundo”. Os quartos do hotel contam com trabalhos de Banksy e convidados como a artista palestina Sami Musa e o franco-canadense Dominique Petrin. Dê uma conferida nos quartos em http://banksy.co.uk/rooms.html

hotel banksy

A fachada do Walled Off Hotel, hotel criado pelo artista Banksy (fonte: RT)

O hotel recebe cerca de 700 visitantes por dia, 200 deles palestinos. A Cisjordânia é governada pela Autoridade Nacional Palestina, governo reconhecido internacionalmente, porém parte de suas terras são ocupadas por Israel desde 1967. Há 50 anos, Israel ocupa Jerusalém Oriental e Cisjordânia após vencer a guerra contra a Jordânia.

banksy

Os frequentadores do hotel “decorando” o muro próximo ao hotel (fonte: New York Times)

Conheça o parque de diversões distópico Dismaland, outra criação de Banksy

Banksy protesta com sua arte contra o muro há tempos e algumas de suas principais obras estão expostas ao ar livre nos muros da cidade de Belém, onde nasceu Jesus.  O hotel conta com galeria que vende obras do inglês e de artistas palestinos. O montante arrecado com a venda das obras e do hotel serão investidos em projetos na comunidade palestina.

MAIS FOTOS:

 hotel banksy foto 3

bansky hotel belém cisjordânia

 

banksy hotel palestina foto 5

Sou blogueiro e jornalista. Pai de Lorena, santista e obcecado por literatura, cinema, música e política.

Facebook Twitter 

Deixe uma resposta