Dismaland, o parque de diversões distópico de Banksy

por Fernando do Valle

O grafiteiro Banksy inaugurou no último sábado (dia 22 de agosto) sua obra mais ousada, o Dismaland (Terra Desolada), um parque de diversões distópico que conta com o trabalho de 59 artistas, incluído o próprio. Localizado em Weston-super-Mare, litoral oeste da Inglaterra, o Dismaland é “um festival de artes e diversões anárquicas onde nem tudo é um conto de fadas”.

Entre as atrações iconoclastas do Dismaland, não recomendadas para crianças pequenas, encontramos um castelo em ruínas, um veículo blindado antimotim usado na Irlanda do Norte, a Ilha da Guerrilha e workshops que ensinam a hackear painéis de publicidade.

dismaland banksy

Cinderela sofre acidente na carruagem e é flagrada por paparazzi

Considerado um dos mais conhecidos artistas de rua do mundo, Banksy e seus primeiros grafites surgiram na cidade britânica de Bristol nos anos 90. Alguns acreditam que Banksy, que se mantém anônimo até hoje, é formado por um coletivo de artistas.

O parque dark de Banksy foi construído no que sobrou do resort Tropicana, que Banksy declarou em nota à imprensa sempre fez parte de suas reminiscências infantis. Todas as sextas, o parque abrigará shows de bandas como Savages, Pussy Riot, Massive Attack, entre outras.

Somente alguns funcionários da prefeitura tinham conhecimento da montagem de Dismaland. Os moradores do balneário inglês acreditavam que a movimentação no resort abandonado era causada pela gravação de um filme de ação. O parque colocou à disposição do público 4 mil ingressos todos os dias a 3 euros cada até o dia 27 de setembro. Clique aqui e veja o mapa das “atrações” do parque.

dismaland banksy atrações

Baleia pula de uma privada para o “show”

 

Com informações do Channel 4.

Sou blogueiro e jornalista. Pai de Lorena, santista e obcecado por literatura, cinema, música e política.

Facebook Twitter 

Deixe uma resposta