10 grafites para (tentar) entender o hoje

Há séculos, o homem desenha em paredes, antes nas cavernas. Mas foi nos anos 70 que a galera do Hip Hop começou a gritar de insatisfação com seus desenhos nas paredes de Nova Iorque e nasce o grafite como o conhecemos hoje.

A origem da palavra grafite vem da palavra italiana grafito, que significa rabisco. Rabiscos produzidos por latas de spray que libertam como nenhuma outra forma de expressão o inconsciente coletivo das grandes cidades.

Antes desprezados e perseguidos pela polícia, certos grafiteiros hoje estão na linha de frente do que mais criativo se produz nas artes visuais. Selecionamos 10 grafites que abordam assuntos atuais como as revoltas conectadas do século 21, ecologia, desigualdade social, entre outros.

1. Grafite do britânico Banksy:

grafite banksy

2. Grafite do brasileiro Francisco Rodrigues da Silva, o Nunca:

grafite o nunca

 

3. Grafite do norueguês Dolk:

principe charles grafite dolk

 

4. Grafite do brasileiro Daniel Melin:

daniel melin proibido jogar entulho

 

5. Grafite do italiano Blu e dos brasileiros OsGemeos:

grafite blu e osgemeos

 

6. Grafite do brasileiro Rage:

bom senso grafite rage

 

7. Grafite do espanhol Pejac:

pejac graffiti

 

8. Grafite de autor desconhecido:

grafite pobre e ricos

 

9. Grafite do britânico Banksy:grafite flor banksy

 

10. Grafite do brasileiro Alexandre Orion:

20 de maio grafite de alexandre orion foto 10

 

Sou blogueiro e jornalista. Pai de Lorena, santista e obcecado por literatura, cinema, música e política.

Facebook Twitter 

Um Comentário

  1. Pingback: Dez grafites para (tentar) entender o hoje

Deixe uma resposta