Cuidado com o que você come

Depois de discutir o passado em documentários políticos como Jango (1984) e Os Anos JK (1980), o documentarista Silvio Tendler volta-se para o futuro no filme O Veneno está na mesa 2, que aborda o uso indiscriminado de produtos químicos pelo agrobusiness brasileiro e retrata algumas alternativas oferecidas por trabalhadores do campo que praticam a agricultura com respeito ao meio ambiente.

O filme é a sequência de O Veneno está na mesa, lançado em 2011. Verdadeiro alerta sobre os males dos agrotóxicos nos alimentos que consumimos, o filme recém-lançado aponta a agricultura orgânica e as experiências agroecológicas como saídas possíveis ao uso de venenos produzidos por grandes corporações na agricultura.

Desde 2008 o Brasil é o país que mais consome agrotóxico no mundo. Em outubro de 2013, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou o resultado do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (Para). O levantamento mostrou que 36% das amostras de alimentos analisadas em 2011 e 29% das realizadas em 2012 tiveram presença elevada de agrotóxico. Além disso, 30% apresentaram índices abaixo do permitido, mas que também pode ser nocivo à saúde.

A agroecologia garante o manejo correto dos recursos naturais e estabelece um equilíbrio entre as relações de consumo e produção. Basicamente, ela traz a necessidade da preservação ecológica para a cabeça e o cotidiano do agricultor.

6 de maio agroecologia latuff

A agroecologia produz alimentos com respeito ao meio ambiente (ilustração de Latuff)

O documentário desmistifica a ideia de que os produtos orgânicos são caros e inacessíveis. A proliferação e a alta procura dos consumidores pelas feiras orgânicas demonstra a conscientização de parte dos brasileiros dos males que podem ser causados pelos produtos finais do agronegócio.

A prática da agroecologia por famílias de camponeses pode abastecer boa parte da população brasileira com produtos de qualidade. A luta é sobretudo política: o agronegócio conta hoje com 120 deputados federais, a chamada bancada ruralista barra qualquer tentativa de controle do uso dos agrotóxicos no campo. Por outro lado, 12 milhões de pessoas que trabalham na agricultura familiar contam com 12 deputados em sua defesa.

 

Leia texto sobre o filme Corporation que faz um raio-x do poder das multinacionais

Só a educação salva, sempre. No vídeo a seguir, uma garota explica de forma prática a diferença entre uma batata com agrotóxico e outra orgânica:

Colaboração no texto de Valéria Oliveira.

Sou blogueiro, jornalista e criador de conteúdo. Pai de Lorena, santista e obcecado por literatura, cinema, música e política.

Twitter 

Deixe uma resposta